A Higiene Íntima perfeita é fácil!

A Higiene Íntima perfeita é fácil!

Sendo a higiene íntima um assunto um pouco tabu, poucas mulheres se atrevem a fazer as perguntas certas. No entanto, saber como cuidar da sua intimidade é crucial para o seu bem-estar diário. Hoje, oferecemos-lhe os nossos conselhos para uma limpeza íntima e suave.

Higiene íntima: um elemento chave para o bom funcionamento do nosso corpo

Cuidar da sua higiene íntima não significa apenas melhorar o seu conforto. É também uma excelente forma de prevenir infeções, preservando a sua flora íntima. Esta contém bactérias muito eficazes, cujo papel é parar a chegada de germes graças a um “escudo” protetor localizado na membrana mucosa íntima. É por isso que é essencial cuidar dela diariamente.

Adopte as ações certas para a sua higiene íntima

É aconselhável lavar com as mãos em vez de usar uma luva ou outro acessório que pode causar micro cortes. Uma a duas lavagens por dia é suficiente, com mais vigilância durante a menstruação. Mas o excesso não traz nada de bom. Por outro lado, não lave o interior da vagina mesmo com água, pois isso destrói a flora vaginal e aumenta o risco de infeção. Depois de cada ida à casa de banho, é importante secar-se bem.

Escolher um tratamento adequado

Como a flora íntima é uma área muito sensível, é importante não irritá-la. Como tal, é importante utilizar o produto certo. Um sabonete ou gel de duche convencional pode alterar a flora vaginal e, assim, provocar infeções com as consequências da comichão, irritação, inflamação… Por conseguinte, é necessário escolher um produto específico para esta parte delicada do corpo. Deve ser suave, com um pH adequado e, de preferência, orgânico. Nota: uma flora saudável é geralmente em torno de um pH entre 3,8 e 4,5.

A menos que não tenha outra alternativa (sem ponto de água, por exemplo), os toalhetes íntimos devem ser evitados porque são demasiado agressivos, tal como os produtos de higiene íntima e desodorizantes, demasiado perfumados, que podem perturbar o pH da sua flora, que já é bastante frágil.

Além disso, prefira espuma natural e orgânica que seja particularmente adequada para este tipo de higiene. A sua textura cremosa e suave funde-se na pele enquanto a hidrata, para um toque aveludado.

A nossa altura favorita do mês

O período menstrual é o mais delicado para a nossa higiene íntima, que requer mais vigilância. Evite tanto quanto possível os pensos higiénicos descartáveis que secam a sua flora. Em contacto direto com as mucosas, estas toalhas são constituídas por produtos químicos e nocivos. São preferíveis pensos higiénicos laváveis. Fabricados a partir de materiais respeitadores do ambiente, não são branqueados com cloro e não têm fragrância. O copo menstrual (um pequeno copo em forma de sino) é uma boa alternativa aos tampões. Ajuda a prevenir desconfortos como secura vaginal ou irritação porque, ao contrário dos tampões ou toalhas descartáveis, o copo recolhe sangue mas não o absorve. Durante este período, pode lavar-se de manhã e à noite, ou possivelmente mais, se estiver sujeita a um fluxo alto.

O nosso concelho: uma vez que a sua flora está muito seca neste momento (especialmente se usa proteção sanitária), não se esqueça de usar produtos hidratantes, por exemplo, produtos à base de ácido hialurónico.

Escolher a roupa interior certa

Para roupa interior, prefira materiais naturais como algodão ou seda e evite materiais sintéticos, que muitas vezes impedem a circulação do ar. À noite é melhor não usar nada, mas você decide.